Link matéria TV Centro América – Globo MT

site

Busto 3D de Santa Paulina será apresentado em São Paulo pela artista sacra Mari Bueno

 

A face de Santa Paulina foi reconstruída a partir de seu crânio no final de 2015. O objetivo do trabalho firmou-se em criar um rosto com um leve sorriso, pois as imagens conhecidas da madre tirolesa que naturalizou-se brasileira mostram uma face séria, quase triste, incompatível com o seu estado de espírito segundo os relatos de pessoas que a conheceram em vida.

Depois de apresentar à comunidade a imagem resultante do processo, a Capela Sagrada Família e Santa Paulina, da Congregação das Irmãzinhas da Imaculada Conceição que fica no Bairro do Ipiranga em São Paulo e guarda os restos mortais da santa, receberá uma doação muito especial, um busto em tamanho natural com as feições da santa reveladas pela ciência.

A montagem e apresentação do busto será feita por Mari Bueno, especialista em arte sacra. A artista realizou a pintura sobre a impressão 3D do rosto da santa a convite dos coordenadores do projeto, o hagiólogo (especialista em santos) Dr. José Luís Lira e do 3D designer Cicero Moraes, que reconstruiu digitalmente a face e articulou a impressão 3D da mesma junto ao Centro de Tecnologia da Informação (CTI) Renato Archer de Campinas (SP).

Residentes em Sinop, Mato Grosso, região onde se inicia a floresta amazônica, a artista Mari Bueno e o Pesquisador e 3D Designer Cicero Moraes vêm realizando esta parceria em outros trabalhos de reconstrução facial. Entre eles, destaca-se a reconstrução do rosto de Santo Antônio, revelada na Basílica de Santo Antônio, em Pádua (Itália) e fez parte da exposição “FACCE – i molti volti della storia umana” (FACES – os muitos rostos da história humana). A mostra, sob curadoria do Museu de Antropologia da Universidade de Pádua, apresentou a história da face humana desde os tempos de nossos ancestrais hominídeos até os dias atuais.

Além de Santo Antônio, Moraes reconstruiu outros sete santos católicos, dentre eles Rosa de Lima, a primeira mulher beatificada nas Américas e Santa Maria Madalena, a partir de seu suposto crânio guardado em um relicário no sul da França.

Mari Bueno, por sua vez é especialista em Arte Sacra e seu trabalho em Igrejas e Capelas na região Amazônica soma mais de 1000m² de pintura, vitrais e mosaicos. Pós-graduada no Brasil em Arte Sacra e Espaço Litúrgico, também estudou na Itália técnicas que utiliza em suas obras. Em seus 20 anos de carreira a artista foi premiada em exposições e Bienais no Brasil e na Europa.

Desde 2014, paralelo aos projetos de pinturas em igrejas e das pinturas sobre as faces reconstruídas, vem realizando um circuito na Europa e no Brasil com a Exposição “Maria Discípula Missionária”. Esta, apresenta a vida de Maria como discípula e missionaria de Cristo através de 13 obras, além de outras 18 telas que mostram como é imaginada, através da fé, a face de Maria em 18 países. A exposição foi criada a convite do Museu de Arte Sacra e Etnologia localizado em Fátima, Portugal. O qual apresentou as obras da artista em uma exposição individual iniciada no mês de maio, importante período das comemorações do Santuário de N Senhora de Fátima. Posteriormente, a mostra seguiu para o Museu da Misericórdia, em Viseu, também Portugal, seguindo para a Basílica de Santo Ambrósio, em Milão, Itália. Chegando ao Brasil foi exposta na Basílica de Aparecida (São Paulo), na Galeria da artista (Sinop- MT) e no Museu de Arte Sacra em Cuiabá.

Mari Bueno faz parte da Academia Marial de Aparecida e estará no Congresso Mariológico de 2 a 5 de junho de 2016 no Santuário de Aparecida e em seguida segue para São Paulo para fazer a entrega da face de Santa Paulina.

Página 5 de 62« Primeira...34567...102030...Última »