VISITA A GALERIA UFIZZI

DIA 10-06-2015 – FLORENÇA – ITÁLIA

Hoje decidi começar a visita aos museus em Florença, sinceramente fui primeiro a Academia, mas a fila passava dos 300m, então decidi ir a Galeria Ufizzi. Entrei rapidamente, até porque já era na parte da tarde, o numero de turistas tinha diminuído.

Ele é o mais famoso museu de Florença e um dos mais importantes do mundo. Foi construído em 1560 por Giorgio Vasari para a família Medici.DSC_0374

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Para entrar no museu o “grazie” dirigido ao recepcionista que confere os tickets de entrada é sempre ofegante, pois ele está depois de uma maratona de escadas para chegarmos ao inicio das salas expositivas do museu. Mas claro, vale muito a pena, é uma viagem por algumas das obras mais valiosas da história.

Este espaço só se tornou um Museu aberto ao publico em 1769, graças a ultima herdeira da família Médici que deixou todo seu acervo para a família Lorena com a condição de que tudo permanecesse em Florença.

Muito bem organizado, conseguimos passar por todas as salas, e claro, uma das vantagens desse museu além da mais importante que é seu maravilhoso acervo, é que podemos fotografar, sem flash.

A maioria das salas, 50 ao todo, tem o nome do período da história da arte a qual pertence às obras expostas ou o nome de algum artista.

Abaixo algumas obras que fotografei, poucas claro, pois em momentos fiquei tão envolvida diante de tanta beleza que esquecia de registrar.

Enfim, um museu maravilhoso, é a segunda vez que visito e espero ter a oportunidade de visita-lo muitas e muitas vezes mais.

DSC_0349

Nascimento de Vênus de Sandro Botticelli, essa maravilhosa obra mede 172,5 de altura por 278,5 de largura e ele usou a técnica de tempera sobre tela. O ano provável é 1485, e foi uma encomenda de Lorenzo di  Medici para decorar sua residência. Ela tem uma simbologia maravilhosa, vale aprofundar a leitura.

Curiosidades: A Deusa Vênus está numa concha sendo empurrada pelo vento, Zéfiro, símbolo das paixões e recebe um manto bordado com flores da Hora (deusa das estações). Era uma obra considerada pagã para um período onde os temas das obras sempre eram católicos. Dizem que é surpreendente como não foi lançada a fogueira.

DSC_0352

A obra A Primavera ou também chamada de Alegoria da Primavera também de Botticelli é outra obra que pertence a esse acervo espetacular da Galeria Ufizzi. Ela mede 2,03 x 3,14 m, na técnica tempera sobre madeira. É uma das obras mais conhecidas do mundo. Interessante também sua simbologia.

Curiosidades: a obra passou a pertencer aos Medicis em 1499. Durante a segunda Guerra Mundial ela foi transferida para o Castelo de Montegufoni, há mais de dez milhas de Florença para que fosse protegida dos bombardeamentos. Com o final da guerra foi devolvida a Galeria Uffizi.

DSC_0337

Nas salas da Idade Média entre as lindas obras encontramos as de Giotto, Cimabue, Buoninsegna e outros…

 

DSC_0337

 

 

 

 

DSC_0338

DSC_0340

 

 

 

 

 

 

 

 

00

O Batismo de Cristo, 1,80 x 1,50m, é o primeiro trabalho importante de Leornardo da Vinci. Ele era aluno de Verrocchio e o ajudou pintar essa obra.

Curiosidades: dizem que ele pintou o anjo da esquerda e o pássaro. E que seu mestre ficou muito desanimado para pintar por que percebeu que seu aprendiz o ultrapassou.
DSC_0359

A Sagrada Família de Michelangelo, 1504, também é chamada de Doni Tondo. Foi uma encomenda de seu amigo Agnelo Doni. Usou a técnica de tempera e fez as três figuras ligadas entre si, como se fosse uma escultura.

Curiosidades: é a primeira obra que os estudiosos tem certeza que é de autoria de Michelangelo. “Tondo” quer dizer redondo em italiano.

 

Página 10 de 12« Primeira...89101112