Obras de Mari Bueno que retratam a vida de Maria serão expostas em Sinop

29As obras que compõem a Exposição Maria Discípula Missionária, da artista mato-grossense Mari Bueno, ficarão expostas em Sinop (MT) de 19 de novembro a 07 de janeiro.
A exposição, composta por 13 obras que retratam a vida de Maria, desde a anunciação até a coroação de Nossa Senhora como Rainha do Céu e da Terra e outras 18 telas referentes a aparições de Maria em 18 países, foi realizada pela primeira vez em maio de 2014, no Museu de Arte Sacra e Etnologia, localizado em Fátima, Portugal, seguindo também para o Museu da Misericórdia, em Viseu, no mesmo país. Em junho deste ano, as telas foram expostas na Basílica de Santo Ambrósio, durante a Expo Milano 2015, em Milão, na Itália.
Em setembro as obras chegaram ao Brasil e foram expostas na Basílica do Santuário Nacional de Aparecida, até o final de outubro, período em que a exposição recebeu a visita de 120 mil devotos.
Em Sinop, a abertura oficial da exposição será no dia 18 de novembro para convidados. Uma das presenças destacadas por Mari Bueno será a do Bispo Dom Gentil Delazari.
“A Diocese de Sinop teve papel muito importante como apoiadora desse projeto. Antes das obras seguirem para Portugal, Dom Gentil realizou uma missa de envio das telas, que foi um momento muito abençoado. Depois a exposição percorreu todo um trajeto e as telas retornam agora ao município e nada mais justo do que o prestígio da presença de Dom Gentil e membros da Diocese na abertura da exposição aqui”, ressaltou a artista.
Para Mari Bueno, a exposição em Sinop coroa um ciclo do projeto, que teve início na cidade e que cumpriu com um de seus principais objetivos, o de ser um trabalho evangelizador e catequético.
“É uma das partes mais importantes desse projeto. Um circuito que começou em maio de 2014 em Portugal, no Santuário de Fátima, depois em Viseu, passou pela Itália, esteve no Santuário da padroeira do Brasil e agora chega a Mato Grosso. Nesse percurso todo, além de fomentar e destacar a arte, cumpriu sua função de ser uma exposição catequética e evangelizadora de uma forma muito bonita, retornando agora ao seu local de origem. Fico muito feliz e também emocionada”, complementou Mari Bueno.
As obras ficarão expostas no ateliê da artista em horário comercial para o público em geral.
“Iremos abrir a exposição em horários especiais também para a visitação de escolas, universidades, instituições e empresas”, acrescentou a artista mato-grossense.
Depois de Sinop, a exposição segue para o Museu de Arte Sacra, na capital Cuiabá, onde as obras ficarão expostas de 14 de janeiro a 14 de março de 2016.

Fonte: Suzana Machado/BW Comunica

capa site

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *