Mari Bueno termina pintura sacra da Catedral da Amazônia em agosto

mari-bueno-termina-pintura-sacra-da-catedral-da-am_0_600
A artista plástica Mari Bueno deve terminar em agosto a pintura dos painéis no interior da Catedral Sagrado Coração de Jesus, conhecida também como Catedral da Amazônia, em Sinop (MT). As obras estão fundamentadas em estudos litúrgicos, na regionalização dos povos da Amazônia e nos quatro elementos da natureza.

Fogo, água, terra e ar servem de base e inspiração para a artista e estão diretamente relacionados com os evangelistas, autores dos quatro Evangelhos Canônicos, presentes na Bíblia.

No primeiro painel o elemento água está relacionado ao evangelista Mateus na figura de um anjo e representa o nascimento de Jesus. O segundo, o elemento terra, está relacionado com o evangelista Lucas e representa a morte de Cristo. No terceiro painel, o evangelista Marcos é relacionado ao elemento fogo e significa a ressurreição de Cristo. No último, o elemento ar é representado pelo evangelista João e está relacionado com a ascensão de Cristo.

Amor, sofrimento, doação e libertação estão visualmente representados nos painéis pelos momentos mais dramáticos e ao mesmo tempo mais sublimes da história da Bíblia Sagrada.

A técnica utilizada para pintura é pigmento sobre textura, e para cada cor, em cada painel, aplicada há um significado, explica a artista plástica.

“As cores estão ligadas muito fortemente com os estágios que Jesus passou até sua ascensão. O violeta no manto de Jesus significa o equilíbrio entre o céu e a terra. A cor vermelha representa o sacrifício, a morte para surgimento do novo. Já o azul, representa a cor do Divino, da perseverança na verdade e na fidelidade. O verde do manto que envolve o menino Jesus simboliza a esperança da vida e da imortalidade”, enfatizou Mari Bueno.

Em agosto, haverá uma celebração que marcará o término das obras para que as pessoas possam apreciar a arte por meio da religiosidade.

Além de patrimônio sacro as obras terão cunho catequético. Serão colocados textos explicativos para leitura e melhor entendimento das obras ao lado de cada painel.

As obras de arte sacra fazem parte do projeto Cores da Catedral e os recursos para sua confecção são do Ministério da Cultura por meio da Lei Rouanet.

Três obras já foram concluídas. A principal é o painel central O bom pastor da Floresta Amazônica que tem treze metros de comprimento por sete metros de altura. Está ligado, liturgicamente, com os painéis laterais que são pintados atualmente. Mari Bueno também terminou a Pia Batismal (com traços regionais) e o painel água.

Além da Catedral, já fez reforma do espaço litúrgico e pintura sacra na paróquia São Camilo e o painel da capela do hospital Santo Antônio, ambos em Sinop. Também fez o desenho do espaço litúrgico da igreja de Nova Ubiratã (MT).

A ARTISTA – Mari Bueno é uma artista plástica que mora em Sinop há 32 anos. Trabalha, na maioria dos casos, com duas temáticas: Amazônia e Arte Sacra.

Além do acervo comercial, tem 17 telas premiadas no Brasil, Egito, Estados Unidos, Alemanha, Suíça, Itália, Inglaterra e França (Museu do Louvre).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *